Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2008

APRENDA COMO ADMINISTRAR SEU TEMPO

VEJA MATERIAL COMPLETO E APRENDA A ADMINISTRAÇÃO DO TEMPO

Neste Programa, o que você irá aprender:• Organize uma Agenda do Tempo.
• Dividindo seu trabalho de rotina em lotes.
• As oito maneiras de superar o adiamento.
• Três princípios gerenciais clássicos de administração de tempo.
• Alguns passos para gerenciar seu tempo com maior eficácia.
• O Delegante Eficaz.
• Organize Sistemas de Follow-Up Eficientes.
• Aspectos Estratégicos.
• Aspectos Táticos.
• Bons hábitos de trabalho
• Ordem – 4 “S”

Introdução:
A maioria das pessoas reclama da falta de tempo que dispõe para suas atividades diárias devido à enorme carga de tarefas que tem para executar.
O que ocorre é que as pessoas quando aprendem em um curso acadêmico, ou mesmo ingressam de alguma forma em uma função, profissão, são sempre instruídas sobre “O que” fazer sendo ignorado o modo como se fazer o trabalho, principalmente aos detalhes que fazem o diferencial para se obter uma maior eficiência e eficácia. Não basta ser especialista …

COMO ADQUIRIR O FIES (FINANCIAMENTO ESTUDANTIL)?

Informações aos Estudantes

O que é o FIES?

Desde de 1999, o Programa de Financiamento Estudantil – FIES permite que estudantes sem condições de arcar com os custos de sua formação possam alcançar o tão desejado diploma de Ensino Superior. Atualmente são quase 500 mil estudantes beneficiados e 1.459 instituições de Ensino Superior credenciadas, com 2.080 Campi cadastrados e aplicação de recursos da ordem de R$ 4,6 bilhões. Com a publicação da Portaria MEC nº 002 DE 31/03/2008, o percentual de financiamento do FIES passou a obedecer as seguintes regras: O FIES cobrirá a integralidade dos encargos educacionais assumidos pelos estudantes bolsistas, ou seja, a parcela não coberta pela bolsa, nos seguintes casos:

- Bolsistas parciais de 50% do ProUni.
- Beneficiários de bolsas complementares matriculados em cursos prioritários.
- Beneficiários de bolsas complementares matriculados em cursos que tenham obtido conceito cinco ou quatro na última edição do ENADE. Para os bolsistas beneficiários de b…

Como tirar o registro profissional(Mtb) - Jornalistas

PROFISSIONAL DIPLOMADO


De acordo com o Decreto nº 83.284 de 13 de março de 1979, que regulamenta a profissão de jornalista, somente os profissionais com o devido Registro Profissional no Ministério do Trabalho podem exercer a profissão.

Documentos necessários:
I) diploma em jornalismo (original e cópia) e para recém-formado: cópia e original do certificado de conclusão de curso, com a data de colação de grau, portaria do MEC (Ministério da Educação) que reconhece o curso e a data da publicação dessa portaria no Diário Oficial.
II) RG, CPF, PIS e carteira profissional, comprovante de residência (original e cópia)
III) dar entrada do pedido na Delegacia Regional do Trabalho em São Paulo, na Rua Martins Fontes, nº 109, 2º andar, sala 203, das 9h às 13h ou nas subdelegacias regionais.

Para as funções de repórteres fotográfico e cinematográfico, diagramador e ilustrador, a legislação da profissão não exige o diploma de curso superior em jornalismo. No entanto, essas funções devem ter o registr…

COMO CONVERTER CRUZADOS EM REAIS?

Imagem
User-agent: Mediapartners-Google*
Disallow:

Este texto trata de um exemplo básico, mas caso não tenha familiaridade com a aplicação destes índices de preços, operações matemáticas ou mesmo planilhas eletrônicas, por favor, consulte um profissional que possa auxiliá-lo afim de que falhas técnicas não venham a colocar em risco seu patrimônio ou mesmo suas lides judiciais.



CONVERSÃO DAS ANTIGAS MOEDAS BRASILEIRAS PARA REAIS (R$)
Daniel Cunha*




Para a atualização monetária de quantias expressas em moedas brasileiras anteriores ao Plano Real (R$), dois passos são necessários:

1.º Corrigir a quantia pelo índice de preços mais apropriado. Consulte nosso Banco de Dados;

2.º Converter a quantia corrigida para a moeda vigente (R$).

Antigo Padrão Monetário para Real (R$): Fórmula para MS-EXCEL, onde X é a quantia a ser convertida
Mil-Réis (até outubro de 1942) para Real (R$). =(X/1000^5)/2750

Faça a divisão da quantia por (2.750.000.000.000.000.000)
Cruzeiro (Cr$) (de 01/10/1942 até 31/01/196…

PNEUS

Estrutura


Banda de rodagem: É a parte do pneu que tem contato direto com o solo. Oferece grande resistência ao desgaste devido à sua composição de borracha e agentes químicos, seus desenhos estratégicos proporcionam boa tração, estabilidade e segurança ao veículo, as partes cheias são chamadas de biscoitos e vazias sulcos.


Carcaça: Também chamada de esqueleto, deve resistir ao peso e a choques, além de evitar a perda de pressão do ar. Composta de cordonéis de nylon ou poliéster, formando a parte resistente do pneu. Sua função é reter o ar sob pressão, que suporta o peso total do veículo.


Cintura: compreende o feixe de cintas (lonas estabilizadoras) que são dimensionadas para suportar cargas em movimento. Sua função é garantir a área de contato necessária entre o pneu e o solo;


Flancos: Laterais da carcaça que são revestidas por um composto de borracha de alto grau de flexibilidade, com o objetivo de proteger a carcaça contra os agentes externos.

Sulcos: Cavidades projetadas para evita…

COMO SE CLASSIFICAM AS EMPRESAS?

Quais são os critérios de classificação empresarial?

CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO DE EMPRESAS - ME - EPP

Quanto à Receita Bruta Anual

- Microempresa - ME - Lei 123/06 - Até R$ 240.000,00
- Empresa de Pequeno Porte - EPP - Lei 123/06 - Até R$ 240.000,01 até R$ 2.400.000,00

Quanto ao número de Empregados

O SEBRAE utiliza o número de empregados como critério de classificação do porte das empresas, este é o mesmo critério utilizado pelo IBGE . Com base neste, considera-se ME - Microempresa, EPP -Empresa de Pequeno Porte, MD - Média Empresa e GE - Grande Empresa:

Indústria:

Micro: com até 19 empregados
Pequena: de 20 a 99 empregados
Média: 100 a 499 empregados
Grande: mais de 500 empregados

Comércio e Serviços

Micro : até 9 empregados
Pequena: de 10 a 49 empregados
Média: de 50 a 99 empregados
Grande: mais de 100 empregados

OBS: - O presente critério não possui fundamentação legal, para fins legais, vale o previsto na legislação do Simples (Lei 123 de 15 de dezembro de 2006).

Fonte: Sebrae SC = http://www…

CURSOS PREPARATÓRIOS PARA ANBID, ANCOR E ANDIMA

O que são estes cursos?

São cursos que preparam os profissionais que trabalham no mercado financeiro e mercado de capitais para que eles prestem os exames de certificação da ANDIB, ANCOR e ANDIMA.

ANBIB: Associação Nacional dos Bancos de Investimento

A ANBID - Associação Nacional dos Bancos de Investimento é a principal representante das instituições que atuam no mercado de capitais brasileiro, e tem por objetivo buscar seu fortalecimento como instrumento fomentador do desenvolvimento do país.

Atuando de forma inovadora, a ANBID é a única entidade de classe que, além de representar os interesses de seus associados, auto-regula suas atividades com a adoção de normas geralmente mais rígidas do que as impostas pela legislação. A ANBID também é a principal provedora de informações do mercado de capitais do país e promove ainda amplas iniciativas voltadas para a educação dos investidores e dos profissionais deste mercado.

Fonte: www.anbid.com.br/

ANCOR: Associação Nacional das Corretoras de Val…

Relação dos documentos necessários para Aposentadoria

Relação dos documentos necessários para Aposentadoria

AMPARO ASSISTENCIAL AO IDOSO OU DEFICIENTE – LOAS

O benefício pode ser solicitado nas Agências da Previdência Social e mediante o cumprimento das exigências legais e a apresentação dos seguintes documentos originais do titular e de todo o grupo familiar:


Número de Identificação do Trabalhador – NIT (PIS/PASEP) ou número de inscrição do Contribuinte Individual/Doméstico/Facultativo/Trabalhador Rural, se possuir;

Documento de Identificação(Carteira de Identidade e/ou Carteira de Trabalho e Previdência Social);

Cadastro de Pessoa Física - CPF;

Certidão de Nascimento ou Casamento;

Certidão de Óbito do esposo(a) falecido(a), se o beneficiário for viúvo(a);

Comprovante de rendimentos dos membros do grupo familiar;

Tutela, no caso de menores de 21 anos filhos de pais falecidos ou desaparecidos;

Representante Legal (se for o caso), apresentar:

Cadastro de pessoa Física - CPF;

Documento de Identificação (Carteira de Identidade e/ou Carteira de tr…

ENTENDA OS DESCONTOS NO SEU SALÁRIO

Imposto de Renda e INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) são contribuições comuns a todos os trabalhadores brasileiros com carteira assinada.

Juntos, eles representam uma boa fatia do salário mensal, que também pode sofrer descontos referentes a benefícios como planos de saúde, previdência privada, auxílio refeição e vale-transporte.

Para entender os descontos no seu salário é preciso, primeiro, levar em conta os descontos de IR e INSS. Depois de calculados esses valores, o trabalhador deverá deduzir os descontos feitos a título de benefício. Veja como é feito o cálculo:

O Imposto de Renda Retido na Fonte é calculado conforme a tabela abaixo:

Imposto de Renda Retido na Fonte

Base de cálculo (R$): Até R$ 1.372,81
Alíquota (%): isento
Parcela a Deduzir do imposto (R$): zero

Base de cálculo (R$): de R$ 1.372,82 a R$ 2.743,25
Alíquota (%): 15
Parcela a Deduzir do imposto (R$): 205,92

Base de cálculo (R$): acima de 2.743,25
Alíquota (%): 27,5
Parcela a Deduzir do imposto (R$): 54…

FRANQUIA

O que é franquia
O que é franquia e que vantagens ela oferece ao fraqueado e ao franqueador
Franquia ou franchising empresarial é o sistema pelo qual o franqueador cede ao franqueado o direito de uso da marca ou patente, associado ao direito de distribuição exclusiva ou semi-exclusiva de produtos ou serviços.


Taxas comuns cobradas do franqueado
Conheça as diferentes taxas existentes para cada tipo de franquia, desde as mais simples até as mais complexas
A relação entre franqueador e franqueado pauta-se por diferentes taxas, a serem acertadas ao longo do desenvolvimento do negócio. Desde a assinatura do contrato, até os projetos de expansão, todas as fases do empreendimento abrangem acertos taxados que ajudam no sucesso do negócio.


Estágios da franquia
As franquias são classificadas pelo estágio de desenvolvimento e profissionalismo, o que significa maior ou menor risco para o franqueado
As franquias são classificadas conforme a geração e o estágio de desenvolvimento em que se encontram, …