Quando investir no Tesouro Direto se torna arriscado

Os leitores do Quero Ficar Rico já estão “cansados” de saber que o Tesouro Direto é um dos melhores investimentos em renda fixa disponível no mercado. Além disso, o investimento em títulos públicos é muito seguro e o risco é baixíssimo.
Quando investir no Tesouro Direto se torna arriscado
Entretanto quando o investidor precisa vender o título antes do vencimento, a rentabilidade acertada no momento da compra é desconsiderada (ela só é garantida para quem permanece com o título até o vencimento), existindo até a possibilidade de perder dinheiro.

Não é a toa que existem títulos com vencimentos que vão desde 2013 até 2045. O objetivo dessa variedade é oferecer várias possibilidades para o investidor, de forma que ele possa comprar o título mais adequado para seus objetivos.



Por que vender o título antes do vencimento é arriscado?


Expliquei no artigo “Entenda a queda das taxas de juros dos títulos públicos” que é a taxa Selic que determina as taxas de todos os títulos ofertados, independente dele ser prefixado, indexado ao IPCA ou indexado à própria Selic.

Quem acompanha os preços e taxas dos títulos públicos há algum tempo, já deve ter percebido que quando a Selic está em tendência de alta, tanto as taxas da LTN e NTN-B quanto a parte prefixada da NTN-B e NTN-B Principal sobem. Já quando a Selic está em queda, essas taxas diminuem.

Como as taxas dos títulos variam ao longo do tempo, consequentemente os preços dos títulos também variam. E a variação é inversamente proporcional. Se as taxas sobem, os preços caem. Se as taxas caem, os preços sobem.

Vamos dar um exemplo com a LTN para ilustrar. Para quem ainda não sabe, o valor de qualquer LTN no vencimento é R$ 1.000,00. O preço atual da LTN nada mais é que R$ 1.000,00 descontado pela taxa atual.
Dessa forma, o preço da LTN 010113 é R$ 889,97 (em 27/10/2011) porque a taxa de compra é 10,47% a.a.. Em outras palavras, se você descontar R$ 1.000,00 de 01/01/2013 até hoje (27/10/2011) a uma taxa de 10,47% a.a., encontrará exatamente R$ 889,97.
Raciocinando nessa linha, é fácil entender que se a taxa for maior, o desconto será maior e o preço, consequentemente, menor. De forma análoga, se a taxa for menor, o desconto será menor e o preço será maior.

O risco de vender um título antes do prazo reside exatamente aí. Se você compra uma LTN com taxa de 10% a.a. e a taxa sobe exatamente no dia seguinte, preço desse título cairá. Se você vendê-lo no dia seguinte, terá prejuízo! Se ainda não conseguiu entender, recomendo a leitura do artigo “Títulos públicos com rentabilidade negativa“.



Acho que entendi… mas quero um exemplo real!

Muito simples! Basta consultar a tabela de rentabilidade do Tesouro Direto e você verá várias “aberrações”. Enquanto todos os títulos atualmente oferecem uma rentabilidade que varia entre 10,5% a.a. e 12% a.a., observe, na tabela abaixo, a rentabilidade de alguns títulos ao longo do tempo:


Rentabilidade do Tesouro Direto
Rentabilidade do Tesouro Direto (27/10/2011)

É possível observar, por exemplo, que NTN-B Principal (com vencimento em 15/05/2035) teve uma queda de 6,56% apenas no mês anterior. Já a NTN-B Principal (com vencimento em 15/05/2015) rendeu mais quase 17% (exatos 16,72%) nos últimos 12 meses.

O mais importante disso tudo é que a rentabilidade passada dos títulos públicos não deve influenciar sua decisão pela compra do título A ou B. Essas rentabilidades apenas refletem variações de taxas que os títulos sofreram ao longo do tempo, mas não muda em nada a taxa acertada no momento da compra.


Conclusão

Se você investe (ou pretende investir) no Tesouro Direto, escolha o título de acordo com o prazo dos seus objetivos.

Se você precisará no dinheiro depois de 2 anos, não faz sentido comprar um título com prazo de 10 anos. Você correrá um risco desnecessário.

No artigo “Alcance seus objetivos investindo em títulos públicos“, mostrei que existem títulos para todos os gostos e objetivos. Desde uma viagem para as férias de 2013 até o planejamento para aposentadoria em 2035, sempre haverá um título que se “encaixa” na sua necessidade.

Decidir pela compra da LTN 010115 (11,24% a.a.) ao invés da LTN 010113 (10,47% a.a.) só porque a taxa da primeira é maior, mesmo sabendo que você precisará do dinheiro em 2013, significa que você está correndo um risco desnecessário.

Lembre-se: a taxa de compra só é garantida se você permanecer com o título até o vencimento.


Publicado em 28.10.2011 por em Tesouro Direto

Imagem de Rafael Seabra

Rafael Seabra é educador financeiro, pós-graduado em Finanças pelo Ibmec, editor do Quero Ficar Rico, um dos sites de maior audiência do país na área de Educação Financeira, e autor do livro Como Investir Dinheiro.

fonte: Quero ficar rico - educação financeira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COMO CONVERTER CRUZADOS EM REAIS?

MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO (EMPRESARIAL)

O QUE É CONTAINER REEFER?