domingo, 20 de janeiro de 2013

TESOURO DIRETO: CARACTERISITCAS DOS TITULOS PUBLICOS (parte 1 - LTN

 Características dos títulos públicos - TESROURO DIRETO

No Tesouro Direto você pode optar por adquirir títulos públicos prefixados e pós-fixados. Os títulos prefixados possuem rentabilidade definida no momento da compra, ou seja, o investidor sabe exatamente o valor que irá receber se ficar com o título até a data de seu vencimento. Para cada unidade de título, o valor bruto a ser recebido é de R$ 1.000,00. São as LTN (Letras do Tesouro Nacional) e as NTN-F (Notas do Tesouro Nacional – Série F). Esses títulos são indicados para o investidor que acredita que a taxa prefixada será maior que a taxa de juros básica da economia. Além disso, por terem a rentabilidade predefinida, seu rendimento é nominal.
 
Já os títulos pós-fixados possuem seu valor corrigido por um indexador. Assim, a rentabilidade da aplicação depende do desempenho do indexadore e da taxa contratada no momento da compra. Os títulos pós-fixados ofertados no Tesouro Direto são: NTN-B Principal (NTN-B (Notas do Tesouro Nacional – Série B Principal), NTN-B (Notas do Tesouro Nacional – Série B), LFT (Letras Financeiras do Tesouro) e NTN-C (Notas do Tesouro Nacional – Série C).
 
A seguir você encontra as características:
1 - LTN (Letras do Tesouro Nacional)
Conforme dito anteriormente, a LTN é um título prefixado, o que significa que possui rentabilidade definida no momento da compra. Esse título possui fluxo de pagamento simples, ou seja, o investidor faz a aplicação e recebe o valor de face (valor investido somado à rentabilidade), na data de vencimento do título.

Fluxo de Pagamentos da LTN
LTN

Metodologia de cálculo da LTN
 
FONTE: TESOURO NACIONAL

Nenhum comentário: