SEJA SEU PATRÃO / INTERNET

Conheça a história do empreendedor Renato Antonini no MercadoLivre

A RSAntonini surgiu no final de 2004 no MercadoLivre, mas foi formalizada como empresa em outubro de 2005. Em 2010 deve faturar R$ 400 mil, 33% a mais que em 2009
             
O que ele vende?
Peças, acessórios e periféricos de informática

Renato Silva Antonini, 26 anos, ingressou no MercadoLivre muito jovem. Dos 17 aos 19 anos, o empreendedor percorria até 200 quilômetros de bicicleta pelas ruas de São Paulo como entregador da agência Bike Courrier. Seu ofício, apesar de cansativo, fez com que ele passasse a olhar o serviço de entrega de forma pragmática. E lhe trouxe uma boa noção de logística.

Foi com essa bagagem que ele chegou ao MercadoLivre, no fim de 2004, logo depois de fazer um curso técnico em administração. “Na época, eu comprava o produto dos próprios vendedores do MercadoLivre e revendia pelo mesmo preço. Ganhava apenas na taxa de entrega, que eu mesmo fazia”, conta. A ideia deu certo. Em outubro de 2005, com a ajuda de um investidor que comprou 20% do negócio, Antonini formalizou a sua empresa, montou um estoque e passou a atuar ativamente no site de vendas mais popular do Brasil.

Hoje, os pedidos da RSAntonini variam entre 20 e 30 por dia, gerando um faturamento mensal de R$ 25 mil a R$ 30 mil em 2009. Para este ano, sua meta é ampliar as vendas mensais para algo entre R$ 35 mil e R$ 45 mil. “Como vendemos periféricos e acessórios, nosso tíquete médio não é muito alto, fica em torno de R$ 80”, explica. A empresa busca diferenciais para conquistar os clientes. “Antes de escolhermos um fornecedor, testamos o suporte ao cliente, analisamos o procedimento e ainda oferecemos garantia de devolução e atendimento personalizado. Existe um nicho que paga por isso”, diz.

O empreendedor assinala que esse trabalho faz com que a taxa de retorno da empresa seja alta: 15% dos clientes que compram pela primeira vez voltam. Hoje, a RSAntonini está sediada em duas salas de 16 metros quadrados: uma de estoque e outra que abriga os funcionários. Além do próprio Antonini, que cuida dos departamentos financeiro, de compras e de atendimento ao cliente, trabalham no local um responsável pelo comercial, outro pelo almoxarifado e expedição, e um terceiro, que cuida da estocagem. A parte gráfica dos anúncios no MercadoLivre é realizada por uma agência de design terceirizada.


Opinião do consumidor

“Compro no MercadoLivre porque é muito mais fácil pesquisar preços. Priorizo empresas que entregam rápido.”
Geraldo Tadeu Gaglioti, 54 anos, São Paulo – SP
 
Por Wilson Gotardello Filho
 
FONTE: PEGN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COMO CONVERTER CRUZADOS EM REAIS?

MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO (EMPRESARIAL)

Como tirar o registro profissional(Mtb) - Jornalistas