TRAGÉDIA NO RS




Bruno Fricks, 22, tinha acabado de se formar em Administração; namorada da vítima segue internada
 
 
 
 
EFE Multimedia (© Copyright (c) Agencia EFE, S.A. 2010, todos os direitos reservados)
 

Sobe para 237 o número de mortos por incêndio na boate Kiss

 
 

Tristeza e perplexidade marcam Santa Maria



Santa Maria, 3 fev (EFE).- O número de mortos pelo incêndio na boate Kiss, ocorrido há uma semana na cidade de Santa Maria (RS), subiu para 237 com o falecimento, ontem à noite, do empresário Bruno Portella Fricks, de 22 anos, informaram neste domingo fontes oficiais.
 
Fricks, que havia se formado em Administração de Empresas recentemente, morreu no Hospital de Clínicas do Porto Alegre, segundo a Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul.
 
O jovem havia ido à boate em companhia de sua namorada, Jéssica Duarte, de 20 anos, que permanece internada no Hospital Cristo Redentor de Porto Alegre, segundo o jornal 'Zero Hora'.
 
Ainda estão hospitalizados 113 feridos, 73 deles em estado grave, internados em unidades de terapia intensiva, segundo o último boletim oficial.
 
O incêndio ocorreu na madrugada de domingo da semana passada durante uma festa universitária realizada na boate Kiss. Aparentemente, o fogo começou devido ao uso de um sinalizador por parte de um músico de uma banda durante um show.
 
O fogo se propagou rapidamente pela espuma usada no isolamento acústico do teto, que ao contato com as chamas gerou cianureto, substância tóxica causadora da maioria das mortes, segundo a polícia.
 
O governo dos Estados Unidos doou 140 doses de um remédio intravenoso chamado 'Cyanokit', que serve como antídoto ao cianureto. Elas chegaram neste sábado a Porto Alegre e a Santa Maria, cidades onde está internada a maioria dos feridos.


EFE

Atualizado: 03/02/2013 08:45 | Por EFE Brasil, EFE Multimedia

Copyright (c) Agencia EFE, S.A. 2010, todos os direitos reservados

FONTE: MSN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COMO CONVERTER CRUZADOS EM REAIS?

MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO (EMPRESARIAL)

Como tirar o registro profissional(Mtb) - Jornalistas