EDUCAÇÃO FINANCEIRA NO BRASIL


                       

99% das Pessoas Investem

nas Aplicações Financeiras

ERRADAS

(saiba quais são as corretas!)

 

Resultado de imagem para GRADUAÇÃO FOTOS

 
                 

A educação financeira no Brasil é baixíssima.
Disso ninguém duvida...
Além de não aprendermos a cuidar do nosso dinheiro na escola, também não estudamos para aprender por conta própria.
 
 
                                     
                  
               
               
99% das Pessoas Investem nas Aplicações Financeiras ERRADAS (saiba quais são as corretas!)
A educação financeira no Brasil é baixíssima.

Disso ninguém duvida...

Além de não aprendermos a cuidar do nosso dinheiro na escola, também não estudamos para aprender por conta própria.

(Na verdade, a maioria não estuda, pois você está fazendo isso ao acompanhar o Quero Ficar Rico)

Voltando à (falta de) educação financeira no Brasil, uma recente pesquisa mostrou, em números, o quanto ela está mal das pernas...

99% das pessoas investem nas aplicações financeiras erradas.

Você não leu errado, não...

99%!

Apenas 1% investe nas melhores alternativas.

Tem mais: a principal fonte de informação dos brasileiros são os familiares, os amigos e os conhecidos.

Dá para acreditar?! :(
Enfim, dá uma olhada no resultado da pesquisa AQUI, até para saber onde investir seu dinheiro (e onde não investir!).

Abraço!

Rafael




Uma recente pesquisa realizada pelo Instituto Rosenfield, a pedido da BM&F Bovespa, mostrou o cenário atual da Educação Financeira no Brasil.
 
Foram entrevistadas 2.000 pessoas das 15 maiores regiões metropolitanas brasileiras (100 municípios) e de todas as classes sociais.
 
 
 
 

Educação Financeira no Brasil

 
Resultado de imagem para GRADUAÇÃO FOTOS
 
Quando perguntadas sobre onde investem suas economias, a resposta foi a seguinte:
  1. Caderneta de poupança, com 44,4% dos recursos aplicados;
  2. Conta corrente, com 37%;
  3. Imóveis, com 3,7%;
  4. Títulos de capitalização, 3,3%;
  5. Ações, com apenas 1%;
  6. CDB, com 0,8%;
  7. Fundos de renda fixa, com 0,6%;
  8. Fundos DI, com 0,6%;
  9. Ouro, com 0,6%;
  10. Tesouro Direto, com 0,5%;
  11. Fundos Imobiliários, com 0,4%;
  12. Fundos de índice (ETF), com 0,1%.
De cara, já vemos um absurdo: as melhores opções de investimento (na minha opinião), estão nas últimas posições: Tesouro Direto, Fundos Imobiliários e Fundos ETF.
 
Em outras palavras, por pura falta de informação, 99% das pessoas investem nas aplicações financeiras erradas (ou que exigem grande conhecimento técnico).
 
Apenas 1% das pessoas investe nas melhores opções.
 
Além disso, mais da metade dos entrevistados (53,4%) afirmou que não sobra dinheiro no fim do mês para investir.
 
Tem mais: a principal fonte de informação dos brasileiros são os familiares, os amigos e os conhecidos, com 47,2%.
 
Com tanto material de qualidade disponível no mercado, não faz muito sentido procurar informações com amigos e familiares, não é mesmo?
 
 

Moral da história

1) Parabéns! O simples fato de estar lendo este texto já mostra que você se preocupa em buscar informações em fontes mais confiáveis que amigos e familiares para melhorar sua educação financeira.
 
2) Se você faz parte da metade que (ainda) não sobra dinheiro, ‘aperte o cinto’ nos gastos e faça sobrar algo a partir deste mês.
 
3) Se está sobrando algum dinheiro, mas ainda não investe no Tesouro Direto, Fundos Imobiliários e/ou Fundos ETF, comece hoje!
 
Ah, se estiver precisando daquele empurrãozinho para colocar essa mudança em prática, recomendo o Como Investir Dinheiro, livro eletrônico oficial do Quero Ficar Rico.
 
Garanto que você fará um excelente investimento. O retorno é alto (conhecimento prático) e o risco é inexistente (se não gostar, eu devolvo seu dinheiro).
 
Sua Educação Financeira vai agradecer :)
 
Até a próxima!
 
Rafael Seabra - Assinatura

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COMO CONVERTER CRUZADOS EM REAIS?

MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO (EMPRESARIAL)

O QUE É CONTAINER REEFER?