Pular para o conteúdo principal

APRENDA A ENRIQUECER & VIVER DE RENDA





As 6 regras mais importantes para
quem quer enriquecer








O verdadeiro rico é aquele que vive de renda, afirma especialista. © Foto: Getty Images
O verdadeiro rico é aquele que vive de renda, afirma especialista.


Muitas pessoas têm como aspiração para suas vidas enriquecer.

Alguns escolhem:

- o caminho do trabalho duro, falta de tempo com a família e baixa qualidade de vida, enquanto

- outros fazem jogos de azar e a loteria, ou, ainda,

- tem quem opte por caminhos ilícitos, na esperança que o tão esperado dinheiro apareça.


No entanto, segundo o coach de finanças, Robson Profeta, afirma que o verdadeiro rico é aquele que possui uma renda passiva, ou seja, quem vive de renda.

"A pessoa que não trabalha, e consegue viver muito bem com os seus investimentos, é, verdadeiramente, rica".



"Se a pessoa não tomar cuidado com seus ganhos, controlar seu salário e saber os limites do seu dinheiro, nunca atingirá suas metas, e continuará frustrado", afirma.



Ele listou as seis regras para quem quer enriquecer.

Confira:



1- Descubra de quanto precisa

Como diz o livro de Alice no País das Maravilhas, “Se não sabe aonde quer chegar, qualquer caminho serve”.
Saiba qual é seu número, já que riqueza não significa acumular rios de dinheiro, até porque muitas pessoas acumulam rios de dinheiro e rios de dividas.



2- O ego não pode falar mais alto

Um dos maiores obstáculos de nossa sociedade é a ânsia pelo consumo.
Um carro melhor, um apartamento maior, uma casa de praia, etc. "O ego e nossa necessidade de reconhecimento social faz com que compremos bens e serviços muitas vezes supérfluos às nossas vidas e sem qualquer valor real, gerando uma rápida sensação de prazer", afirma o coach. "Seja consciente ao consumir".



3- Cuidado com os ativos que adquire

Muitos ativos que compramos não são nossos melhores amigos.
Um veículo mais caro provavelmente trará um seguro, um imposto e manutenção mais caros.
Um apartamento maior provavelmente trará, também, taxas maiores, e assim sucessivamente. Estes ativos geram dividas. 
Tente investir em ativos que geram renda, por exemplo, compre um apartamento para alugar.



4- Evite os juros

Saiba que, se você paga juros sobre qualquer bem ou serviço, tem alguém do outro lado ganhando com isto.
Por isso, inverta o lado do jogo, receba renda e deixe que outros paguem juros.
No mercado, para alguém ganhar, alguém tem que perder.
Se não souber onde quer chegar, e seu ego atrapalhar seus objetivos, pagará juros.




5- Conheça seus valores

Sua hierarquia de valores explica muito a seu respeito.
Caso seu principal valor seja a segurança e seu valor menos importante seja a diversão, não adianta querer tirar 30 dias de férias no Caribe e relaxar.
Talvez fique mais estressado ainda com o medo de perder seu emprego.




6- Monte seu controle

Dificilmente ganhará dinheiro se não aprender a domá-lo.
Faça um fluxo de caixa projetado e controle suas finanças;

- não adianta ter um bocado de dinheiro no final do ano, fruto do seu 13º salário, e gastá-lo com
- a viagem dos sonhos e,

nos próximos três meses do ano, aparecer gastos extras com

- IPVA,
- seguros,
- matrícula e
- material escolar dos filhos,
- reajuste de colégio e
- plano de saúde, etc.
Você só visualiza isto corretamente fazendo um fluxo de caixa adequado.










LEIA MAIS:







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COMO CONVERTER CRUZADOS EM REAIS?

MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO (EMPRESARIAL)

O QUE É CONTAINER REEFER?