CONFIRA: DESCONTO NA CONTA DE ENERGIA







              


Consumidores trocam lixo reciclável por descontos na conta de luz




Concessionárias de oito estados do país oferecem este tipo de programa.


Valor depende do material. Quilo do papelão, por exemplo, rende R$ 0,13.







Em oito estados brasileiros, tem consumidor ganhando desconto na conta de luz. Alguns chegam a não pagar nada. A Elaine Bast explica o truque.








Lá vem Seu Manoel empurrando o carrinho. É assim que ele e Dona Cristina trocam lixo reciclável por desconto na conta de luz. O casal se cadastrou há um ano num programa da distribuidora de energia. “Catamos uns negócios, levamos lá. Aí catamos mais e levamos. Aí, quando veio a conta, veio a metade. Aí falei: ‘Sendo assim, vamos continuar levando. Dá desconto na conta de luz’. Levo um monte de uma vez só”, diz o desempregado Manoel dos Santos.




Os dois gastavam em média R$ 100 por mês de luz. Nas nove últimas contas, o valor total, olha só que maravilha: zero. E ainda sobrou crédito pro mês seguinte. “Fica pra descontar na próxima conta ainda”, diz Cristina.




Concessionárias de energia elétrica de oito estados no Brasil tem programas como esse. Em São Paulo, o desconto em troca de lixo reciclável começou em 2013.




Pra participar do programa, o cliente na primeira visita já faz uma carteirinha. O lixo reciclável é pesado. O valor do quilo depende do material. O quilo da latinha de alumínio, por exemplo, custa R$ 1,96; o da garrafa pet, R$ 0,21; o do papelão, R$ 0,13. Depois da pesagem, os valores são somados e registrados numa maquininha, que manda os dados diretamente pra distribuidora de energia.




A reciclagem já trouxe uma economia boa para os clientes da distribuidora que fornece energia para cidades de São Paulo e do Rio Grande do Sul




“Nós temos um total até hoje de R$ 200 mil no estado de São Paulo já de economia e, no Rio Grande do Sul, próximo a isso”, diz o vice-presidente de Sustentabilidade da AES Brasil, Paulo Camillo Penna.




Toda semana, Sueli Aparecida Fazolin bate ponto aqui num posto e já reduziu em quase a metade o gasto com luz. “Por vários motivos, vale a pena. Você reduz sua conta e colabora com o meio ambiente”, diz a dona de casa.








FONTE:


REDE GLOBO  -  JORNAL NACIONAL


Edição do dia 30/06/2015
30/06/2015 21h13 - Atualizado em 30/06/2015 21h13


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COMO CONVERTER CRUZADOS EM REAIS?

MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO (EMPRESARIAL)

O QUE É CONTAINER REEFER?