GANHE COM AS OLIMPÍADAS !!




Rio 2016: 

9 ideias para você ganhar 

um dinheiro extra 

com a Olimpíada



BRAZILIAN MONEY





Ano de crise, de desemprego e de preços altos…. Mas também de Olimpíada, Paraolimpíada e -- por que não? -- de uma renda extra com estes eventos.
Faltando menos de seis meses para os Jogos Olímpicos, cuja cerimônia de abertura está marcada para o dia 5 de agosto deste ano, são esperados 10.903 atletas, de 204 nações, 45.000 voluntários, 25.1000 profissionais de mídia e mais de um milhão de turistas. Já nos Jogos Paraolímpico, serão 7.200 profissionais de mídia e 1,8 mil ingressos disponibilizados ao público.
Com tantos turistas, atletas, profissionais e alvoroço nas cinco capitais que sediarão a Olimpíada (além do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Salvador e São Paulo sediarão jogos de futebol masculino e feminino), a expectativa de geração de negócios é bem atrativa.
De acordo com o coordenador do projeto Sebrae no Pódio (projeto que leva o microempresário a ser fornecedor ou contribuinte direto dos Jogos Olímpicos), Francisco Marins, os eventos devem gerar lucro de R$ 20 milhões para as MPEs(Micro e Pequenas Empresas).
Para o executivo, mesmo com a crise econômica e o medo do zika vírus, o cenário é promissor. “Vão ter mais de um milhão de turistas, atletas e familiares dos atletas no Rio de Janeiro, além de outras cidades pelo País. Não dá pra deixar esse mercado de lado, não é?”, indagou.
De acordo com Francisco, ainda dá tempo de faturar no Rio 2016, desde que coloque a criatividade em prática. “O brasileiro pode empreender com peças que remetam ao Rio ou ao Brasil”, sugere. “Jamais produza peças ou artesanatos que remetam à Olimpíada, pois todos os produtos com a marca Rio 2016 precisam de licenciamento.”
Outra recomendação de Marins é não esquecer da acessibilidade. “De olho no público que virá para a Paraolimpíada, os empreendedores preparados para atender todos os públicos certamente serão recompensados.”
Com ajuda do coordenador do Sebrae, o HuffPost Brasil selecionou algumas ideias quentes e áreas promissoras para abrir um negócio ou apenas ganhar uma grana extra antes, durante e depois dos eventos, veja abaixo:
  • 1
    1. Alugue um quarto/casa
    500 px
    De acordo com o buscador de hotéis Trivago, a procura por acomodações na cidade do Rio de Janeiro aumentou quase 50% para agosto, em comparação com o mesmo mês do ano passado. Se você tem um quarto, apartamento, casa ou flat vago, uma ideia é alugá-lo no período. Sites como Airbnb e e AlugueTemporada dão a possibilidade de você hospedar pessoas -- e ganhar uma graninha com isso
  • 2
    2. Seja guia turístico
    Getty Images
    Sabe falar inglês, espanhol ou outro idioma além do português e conhece bem alguns locais de sua cidade? Com tanta procura por passeios turísticos no período, você pode criar algumas rotas inusitadas e divulgar seu “tour” em redes sociais ou distribuir panfletos perto dos locais dos jogos
  • 3
    3. Dê aulas de português básico ou de inglês (para estrangeiros e brasileiros, respectivamente)
    Getty Images
    Não são apenas os brasileiros que pretendem fechar negócios nos Jogos Olímpicos. Muitos profissionais virão ao Brasil e precisam aprender ao menos o português básico. Se você souber um outro idioma e manjar da língua portuguesa, você pode oferecer suas aulas em um site próprio, nas redes sociais, no YouTube ou no Skype. O mesmo vale para "alunos" brasileiros que querem aprender inglês
  • 4
    4. Faça lembrancinhas do Brasil para vender para os gringos
    getty Images
    Que atire a primeira pedra quem nunca levou para casa uma lembrancinha baratinha de algum lugar que visitou. A ideia é fazer lembrancinhas, como artesanato, miçangas, jóias, bijuteria, bolsas, mochilas ou bordados do Brasil, do povo brasileiro, do Rio, do Cristo, etc, e vender para os gringos a um preço amigável (lembre-se que o câmbio desvalorizado está a nossa favor)
  • 5
    5. Venda brigadeiro, tapioca e outras comidinhas típicas
    Getty Images
    Além de lembrancinhas, qual gringo não tem curiosidade de experimentar comidas e doces típicos brasileiros? Venda tapioca, acarajé, pão de queijo, brigadeiro, mini feijoada ou/e outras comidas da nossa rica culinária
  • 6
    6. Seja motorista particular ou trabalhe na Uber
    Thomas Barwick via Getty Images
    Segundo Francisco Marins, do Sebrae, apesar de toda a preparação, muitos serviços ainda devem ser demandados mais do que a oferta. Uma destas áreas é transportes. “Transportes, aluguel de veículos, grupo de motoristas que possam atender essas pessoas. Isto ainda será carente durante o evento"
  • 7
    7. Franquias baratas
    Somogyi Bela/500px
    Se você preferir montar um negócio formal, mas acha que não tem o know-how, uma sugestão é investir em microfranquias, que geralmente custam até R$ 80 mil. Muitas franquias estão se preparando para a Olimpíada, com investimentos em marketing e em promoções no período. Segundo Francisco, uma das áreas promissoras é o setor de alimentos orgânicos. “Apesar de serem minoria no Brasil, os turistas valorizam a alimentação saudável"
  • 8
    8. Fique de olho em novos esportes
    Dougal Waters via Getty Images
    Apesar de o futebol e vôlei liderarem entre os esportes preferidos dos brasileiros, a Olimpíada pode quebrar alguns paradigmas e abrir novas oportunidades de negócios em esportes não tão tradicionais por aqui. “Os brasileiros vão ter experiência com outras modalidades esportivas e, com certeza, a demanda por elas vai aumentar”, disse Marins
  • 9
    9. Oportunidades nos eventos
    Bloomberg via Getty Images
    A área de eventos também promete dar uma aquecida neste ano. Se você tem experiência na área, Marins lembra que cada delegação fará eventos paralelos à Olimpíada e, certamente, vai procurar empresas e profissionais dispostos a coordenarem tais eventos, o que vai demandar muitos profissionais
  • FONTE:
  •  |  De
  • Publicado: Atualizado: 

LEIA MAIS:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COMO CONVERTER CRUZADOS EM REAIS?

MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO (EMPRESARIAL)

O QUE É CONTAINER REEFER?